Bem-vindo ao nosso Blog

Esse espaço é seu e suas opiniões e comentários são essenciais para que possamos torná-lo o mais útil e agradável possível. Obrigado! <<<(((||)))>>> "Enfim, é disso de que trata o blog, de assuntos variados que traduzam com palavras simples e críticas esses caminhos e descaminhos que a humanidade percorre na estrada da vida, expressos através de um desejo profundo e intimamente meu: Quero ser mais humano: menos hipocrisia, menos espiritualidade alienante, menos moralidade vazia, muito mais HUMANO."

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Desejo

Onde está você?
Que fitará os olhos na minha direção
Denunciando o brilho total excitação
Intenso desejo e ardente sede
Tal qual sedento nômade no deserto
A encontrar tão majestoso oásis
E desejar dele estar sempre perto

Quero promover o mais perfeito encontro
Dos nossos desejos mais ardentes
Do suor de nossos corpos quentes
De lábios fluindo deliciosos beijos
E na incandescência dessa euforia
De duas chamas que se consomem
Te farei plena mulher
E te serei escravo-homem

Quero desnudar-te os seios
Enquanto lábios e corpos se atracam
Quero beijar-te inteira
Degustar cada detalhe
Nos transportar a um outro mundo
Um mundo exclusivamente nosso
Onde os prazeres não têm limites
E tudo quanto quero posso

Vem, amada minha
Despida de medo e tabu
Vamos nos entregar um ao outro
Nossos corpos integralmente nus
Despidos de toda moralidade vazia
Que conspira contra o intenso prazer
Dando ao outro o máximo de si
E o máximo do outro também ter

Desejo total expressão
Sentidos, palavras e sons
Nossos líquidos ardentes se misturando
Na harmonia dos mais belos tons
Corpos suados e entrelaçados
Conduzindo frenética dança
Até que juntos alcancemos
O clímax que o pleno prazer lança

3 comentários:

J. P. disse...

Fiquei todo molhado! oO uahuahauha

Anônimo disse...

Contra toda moralidade, essa parte está perfeita:
Vem, amada minha
Despida de medo e tabu
Vamos nos entregar um ao outro
Nossos corpos integralmente nus
Despidos de toda moralidade vazia
Que conspira contra o intenso prazer
Dando ao outro o máximo de si
E o máximo do outro também ter

Anônimo disse...

Quem gozou diga "ui"...
uuuuuuiiiiiiiiii